ASSUNTO INTELIGENTE: A reforma do ensino médio


A minha contante mudança no modelo de ilustração de post e a perfeita exemplificação de como são as salas de aulas de ensino médio.
Olá povo do planeta terra!

Hoje é dia de mais um Assunto Inteligente. Hoje vamos focar em algo relacionado ao Brasil e que vem despertado as mais diferentes opiniões entre os jovens: Reforma de ensino.

Para vocês que não entenderam muito bem o espírito da mudança do ensino brasileiro, devem entender que basicamente essa reforma vem para flexibilizar as matérias e aumentar a carga horária dos alunos nas escolas. Agora, nós poderemos escolher as matérias baseadas em nossa vocação (estudando também as matérias obrigatórias) e componentes como Educação Física, Sociologia e Filosofia não serão mais obrigatoriedade.

A Medida também diz que os professores não são obrigados a ter diploma na área que ensinam e ainda incentivam a criação de escolas de tempo integral. Tal medida já vinha sendo falada durante o período do governo Dilma, mas somente com Temer se "concretizou". A Emenda está em processo de aprovação no Congresso. Essa atitude é inspirada em países desenvolvidos cujos índices de educação são maiores e mais valorizados.

A reação de alguns jovens não foi das melhores, e, por isso, ocuparam várias escolas ao redor do Brasil, o que fez com que alguns alunos se prejudicassem com o adiamento do Enem. Sobre essa parte em especial, eu acredito que é assim que deve funcionar uma politica realmente democrática, com os jovens deixando bem claro que eles se importam e não vão se calar diante os erros do governo, mas ocupar escola e impossibilitar o uso delas é um terrível erro. Nossas escolas em geral já não funcionam como deveriam e ocupá-las dessa maneira é agravar esse quadro.

Mas, de maneira geral, eu enxergo a reforma como algo positivo e a única herança boa do período Michel Temer. Raciocinem comigo: Muitos de nós reclamam a cada aula que não tem importância alguma com a área que vamos seguir na vida, com a flexibilização, nosso tempo seria poupado, assim como nossa paciência. Mas admito: Filosofia e Sociologia deveriam ser parte do curriculum obrigatório, assim como história do Brasil, por serem matérias que dão clareza às pessoas sobre o papel que desempenham na sociedade, nos tornam pessoas críticas e nos ajudam a entender erros do passado para acertar no futuro.

Essa foi a minha opinião sobre o assunto. Por favor deixe seu comentário com a sua, vai significar muito pra mim ver como você pensa. Até mais, xoxo :).

2 comentários:

  1. O que dizer desse post? Muito amor, aplausos! ♥
    Concordo com seu ponto de vista, creio que essa reforma do ensino médio será algo muito bom, e vários estudantes reclamam tanto do ensino no Brasil, mas sem dúvidas esse gif que usou resume tudo de como tais se comportam diante desse ambiente. Sobre as ocupações, realmente é legal os jovens quererem mostrar sua voz e seu manifesto, mas como você também havia dito, vários jovens e adultos que se inscreveram no ENEM saíram prejudicados.
    Fico feliz pelo seu novo blog, e apesar de ter restado pouco de nós (blogueiros), espero que continuemos com aquelas conversas gigantes na c-box por horas como antigamente. Ótimo post!
    www.tudo-em-tres.blogspot.com.br
    - Polly

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom mesmo que você gostou, significa muito pra mim. Eu não consigo parar de pensar que isso poderia ter acontecido num tempo do qual eu pudesse acompanhar, minha vida seria tão melhor sem exatas... Mas fico feliz que pelo menos outras pessoas de humanas não terão que passar por isso futuramente.

      Excluir